Imprimir

Presidenta do SINTESE apresenta realidade da educação pública estadual na ALESE

Escrito por Caroline Santos Ligado . Publicado em Rede Estadual

A oportunidade surgiu após aprovação de requerimento da deputada estadual Ana Lúcia

A presidenta do SINTESE, Ivonete Cruz apresentará dia 14, a partir das 8h, no plenário da Assembleia Legislativa um panorama da educação pública estadual de Sergipe envolvendo a situação do magistério frente a política de desvalorização empreendida pelo governo Jackson Barreto.

“O magistério da rede estadual tem vivido, por conta da vontade política do governo do Estado, um estado profundo de empobrecimento. A desvalorização do magistério traz graves consequências não só para o profissional professor, mas para toda a Educação”, aponta a presidenta Ivonete Cruz.

No mês de abril, o SINTESE denunciou em coletiva que a não implementação dos reajustes do piso na carreira (conforme a Lei 11.738/2008) dos anos de 2012, 2015, 2016 e 2017 causa nos professores e professoras da rede estadual uma profunda perda do poder aquisitivo.

O que acontece hoje é que uma professora com 25 anos de serviço e Pós-Graduação recebe o mesmo que outra educadora com apenas 9 anos de carreira. Ou um educador com formação em Nível Médio receber o mesmo que um outro com Mestrado. A cada ano em que o reajuste não é estabelecido conforme a lei, mais e mais a tabela de vencimentos do magistério vai ficando igual.

Some-se a isso a falta de estrutura das escolas da rede estadual e a imposição de um modelo de ensino médio em tempo integral que não leva em consideração as realidades das comunidades escolares.

Para o sindicato a presença na Assembleia Legislativa não só de professores, mas de estudantes, pais, responsáveis e da população em geral é importante para saber e também cobrar que o governo do Estado valorize o magistério.