Imprimir

Aposentadas e aposentados não aguentam mais serem massacrados

Escrito por sintese Ligado . Publicado em Rede Estadual

O anúncio do Governo do Estado de que vai parcelar os salários do mês de junho é mais uma punhalada naqueles que sofrem com atraso no pagamento desde 2015.

manchete aposentadosnaoaguentammanchete aposentadosnaoaguentam

De acordo com as informações publicadas em veículos de comunicação, recebem integralmente nesta quarta, dia 13, aqueles com proventos até R$3,5 mil recebem integralmente, quem está acima desse valor receberá essa parcela e o restante não há previsão.

“É mais um golpe para os aposentados e aposentadas. Nossas vidas já estão desorganizadas por causa dos atrasos e agora, mais uma vez, vamos receber parcelados. Nós não aguentamos mais tanto sofrimento. Ao mesmo tempo, o governador Jackson Barreto viaja em férias. O desrespeito com que é tratado o funcionalismo público seja da ativa ou aposentados é flagrante e se tornou política efetiva”, disse Ana Geni Andrade, do departamento de Aposentados do SINTESE.

O argumento da queda das receitas recorrentemente utilizado pelo Governo do Estado não se aplica. Comparando-se os recursos recebidos por Sergipe do FPE - Fundo de Participação dos Estados entre janeiro e junho de 2016 com o mês período em 2017 mostram que houve aumento no repasse. O único mês em que houve queda foi em maio e ela pouco ultrapassa os 2%.

Há, inclusive, decisão do Tribunal de Justiça obrigando o governo Jackson Barreto a fazer o pagamento das aposentadorias e pensões dentro do mês (afinal é isso que estabelece a lei que criou o Sergipeprevidência), mas, para massacrar ainda mais os aposentados e aposentadas o governo recorreu ao Supremo Tribunal Federal para não cumpri-la.

 “Temos percorrido o Estado de Sergipe denunciado a via crúcis que passamos a cada mês que nossos proventos atrasam. Com o parcelamento a situação ficará ainda pior. Contribuímos por toda nossa vida laboral e hoje temos necessidades, dependemos de remédios, pagamos nossas contas é desumano esse tratamento que o governo Jackson Barreto tem nos dados”, aponta Maria Luci Lima Santos, do departamento de Aposentados do SINTESE.

O sindicato tem denunciado constantemente que o Governo do Estado tem sim recursos para fazer o pagamento dos aposentados e pensionistas dentro do mês e sem parcelamento. Nos próximos dias irá buscar o Tribunal de Contas para solicitar uma auditoria nas contas do Sergipeprevidência.