Imprimir

" Por um mundo onde sejamos sicialmente iguais, humanamente diferentes e totalmente livres"

Ligado . Publicado em Rede Estadual

" POR UM MUNDO ONDE SEJAMOS SICIALMENTE IGUAIS, HUMANAMENTE DIFERENTES E TOTALMENTE LIVRES" ( Rosa de Luxemburgo)




diainternacionaldamulher2018diainternacionaldamulher2018

Vivemos numa sociedade que traz a marca histórica do patriarcalismo em que aos homens cabia o papel do mando e de ocupar os espaços da rua e do poder e as mulheres o papel de serem genitoras e ficar em casa cuidando do marido e do filhos de forma submissa e obediente.

Ao longo da história, nós mulheres, lutamos contra esse modelo de sociedade e passamos a ocupar as ruas e disputar os espaços de poder.

Numa sociedade ainda fortemente marcada pelo machismo não é tarefa fácil enfrentar esse modelo de sociedade e mostrar a todos e todas, homens e mulheres, que nós mulheres temos capacidade de formulação, de elaboração e de estarmos em espaços de disputas e de poder sem que nossas ações e posições não sejam mera influencia dos "machos".

Como membro de uma categoria em que a grande maioria é formada por mulheres e dirigente de um sindicato em que mais de oitenta e cinco por cento são de mulheres quero desejar a todas as PROFESSORAS lutadoras e trabalhadoras um 08 de março de muitas lutas e que continuemos firmes na luta por respeito e dignidade seja na rua, no lar, no trabalho em qualquer lugar. Porque o lugar de mulher é onde ela quiser estar.