Professores Itabaiana vão as ruas lutar pelo piso

Escrito por sintese Ligado . Publicado em Redes Municipais

Os professores de Itabaiana estão nas ruas para mostrar a sociedade a sua indignação com o governador e a maioria dos prefeitos de Sergipe. Os gestores públicos não estão cumprindo a Lei do Piso.

No caso da rede estadual, foi pago um abono a apenas 4%, ou seja, 96% dos professores que trabalham nas escolas da rede estadual não receberam o piso salarial nacional, que pela lei está valendo desde 1º de janeiro.

Desde 2008 que o SINTESE tenta negociar com o governo do Estado e com os municípios desde que os novos prefeitos e prefeitas assumiram, mas até agora somente os municípios de Lagarto e Propriá pagaram o piso na forma que diz a lei.

Falta transparência

Há uma gravíssima falta de transparência na rede estadual. O SINTESE tem feito diversas denúncias no Ministério Público e no Tribunal de Contas sobre irregularidades na folha de pagamento. No mês de fevereiro, por exemplo, há um desencontro de informações entre as secretarias de Estado da Administração e da Educação que geram uma diferença de quase R$10 milhões. Onde está esse dinheiro?!

Os professores da rede pública lutam para que sejam valorizados, por uma escola pública de qualidade para todos os filhos e filhas dos trabalhadores, pois é na escola onde se ensina a cidadania.