Imprimir

Por Eleições Diretas, Frente Brasil Popular convoca população para ato domingo na Orla

Escrito por Iracema Corso - CUT/SE Ligado . Publicado em Sociedade

Domingo, dia 21, às 15h, nos Arcos da Orla de Atalaia, em Aracaju, a Frente Brasil Popular constrói mais um ato de protesto por Eleições Diretas já! Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista! Fora Temer!

A cada dia, o Golpe contra a Democracia se revela de forma mais clara diante dos olhos de toda a população brasileira. As organizações que compõem a Frente Brasil Popular alertam que não é hora de cessar a luta. Antes que um novo golpe seja decretado através da instituição de Eleições Indiretas, todo povo brasileiro precisa ocupar as ruas e cobrar a realização urgente de Eleições Diretas.

O que é a Frente Brasil Popular? Formada no segundo semestre de 2015, naquela época como organização de resistência em defesa da democracia, desde seu surgimento as entidades que compõem a Frente alertavam que a derrubada do governo eleito Dilma Roussef não seria apenas um golpe contra o governo e seu partido, mas também um golpe contra os direitos da classe trabalhadora. Percebe-se que na atualidade as avaliações da Frente Brasil Popular foram acertadas e hoje o governo ilegítimo Michel Temer propõe reformas que desmontam os direitos sociais, trabalhistas e previdenciários, conquistados pelo povo brasileiro no último século.

A Frente Brasil Popular é constituída pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) , União Geral de Trabalhadores (UGT), Levante Popular da Juventude, Movimento Sem Terra (MST), Movimento Camponês Popular (MCP), MPA (Movimento de Pequenos Agricultores) Advogados Pela Democracia, CRESS - Conselho Regional de Serviço Social, PC do B, Consulta Popular, PT, entre outros.