Imprimir

CUT/SE realiza reunião com sindicatos do serviço público estadual para debater previdência

Escrito por CUT/SE Ligado . Publicado em Sociedade

Neste momento todos devem estar juntos na resistência contra a reforma da previdência do estado Sergipe

Na próxima segunda-feira, dia 28, a partir das 8h, a  CUT/SE apresenta um diagnóstico sobre a questão previdenciária do Estado de Sergipe convida todos os sindicatos de servidores públicos estaduais, pois a reforma atinge a todos independente de sindicato ou central.

“Neste momento a união e mobilização de todos os servidores públicos é mais importante, pois o ataque do governo Jackson Barreto aos servidores estaduais não escolhe central nem sindicato, detona todo mundo, não escapa ninguém”, disse o presidente da CUT/SE, Rubens Marques.

Os projetos de lei 10 e 11 que chegaram à Assembleia Legislativa têm como objetivo criar um novo fundo previdenciário a partir da unificação entre o FINANPREV E FUNPREV. O primeiro criminosamente saqueado e está falido, o segundo é superavitário, para central com a criação desse novo fundo, o governo usará os recursos e em pouco mais de um ano e meio os novo fundo já estará falido.

O que a CUT/SE defende é a capitalização do FINANPREV com regras claras e não projetos de lei que só empurram o problema para adiante e o agrava ainda mais. Queremos um debate amplo com os servidores públicos. No entendimento da central essa é mais uma manobra do governo para se livrar do aporte que faz mensalmente para cobrir o rombo. Vale lembrar que os servidores pagaram a sua parte religiosamente, e quem deixou fazer isso foram os vários governos.

Por isso é importante que os sindicatos dos servidores públicos compareçam a este debate para não só conhecer a situação previdenciária do Estado, mas para definir ações de luta para barrar mais esse golpe contra os servidores públicos estaduais.