Imprimir

Oficinas Temáticas reúnem centenas de educadores

Escrito por sintese Ligado . Publicado em X Conferência

A tarde do penúltimo dia da X Conferência foi marcada pela participação massiva de professoras e professores filiados ao Sintese nas oficinas temáticas. Ganharam destaque três oficinas: Leitura Crítica dos Meios de Comunicação, Avaliando Desiguais Como Se Fossem Iguais e Vivenciar a Inclusão em Sala de Aula.

Cristian Goes, jornalista e editor da Revista Paulo Freire, despertou a atenção dos professores para a compreensão da linguagem utilizada pelos veículos comerciais de comunicação, a imprensa burguesa, também responsável por incutir no imaginário popular preconceitos e inverdades. Também foi enfatizada a necessidade de inserir esses elementos na atividade pedagógica.

As reflexões de Regina Leite foram no sentido de que a classe trabalhadora e os professores, como protagonistas da história, pensassem e trabalhassem um modelo de educação que possa servir de fato à construção de outra sociedade. Na perspectiva de qual escola e para quais sujeitos.

A oficina para tratar da inclusão contou um trio da Universidade Federal de Sergipe, juntos Iara Campelo, Verônica dos Reis Marques e Margarida Maria Teles defenderam a necessidade de uma formação mais completa dos educadores e de condições reais para o ensino e aprendizagem que favoreça a inclusão de todas e todos. A defesa da Escola Bilíngue é um dos pontos chaves dessa luta.