Imprimir

Muribeca: professores fazem paralisação de advertência

Escrito por Caroline Santos Ligado . Publicado em Região Baixo. S.F. I

O mês de setembro começa com os professores da rede municipal de Muribeca paralisando as atividades. O motivo é não cumprimento da Lei do Piso no tocante ao novo valor de R$1.024,67, que está em vigor deste janeiro deste ano. Os educadores farão uma marcha pelas ruas da cidade nesta quarta, 01.

Sem piso

Em Muribeca os professores só tiveram 2/3 do piso incorporados ao vencimento inicial quando ele ainda valia R$950. “Desde que o novo valor do piso foi instituído que buscamos negociar com a administração municipal, mas a única proposta apresentada pela prefeita Sandra Maria só foi entregue no dia 31 de agosto e que, em análise prévia, foi constatado uma drástica redução no percentual de regência de classe”, disse Neilton Silva, da direção executiva do SINTESE.

Falta estrutura

 Além de não serem beneficiados pelo Piso Salarial Profissional Nacional, os educadores de Muribeca sofrem também a falta de material didático pedagógico e pela estrutura deficiente das escolas. A alimentação escolar é insuficiente e não há um cardápio que atenda as necessidades nutricionais dos estudantes.