SINTESE realiza seminário sobre homossexualidade, história e memória no Brasil

Escrito por Caroline Santos Ligado . Publicado em Sociedade


O SINTESE realiza no próximo dia 25, das 14h às 18h, no auditório da entidade, o encontro “Homossexualidade, História e Memória no Brasil”. A mediação será feita pelo escritor João Silvério Trevisan (que também é jornalista e ativista social) e pelo pesquisador, Moisés Santos de Menezes (que é Bacharel em Serviço Social e Mestre em Psicologia). O evento é uma parceria do SINTESE com a ADUFS – Associação dos Docentes da Universidade Federal de Sergipe e o SINTUFS - Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação da UFS.

Em um período em que notícias falsas sobre como a sexualidade é (e será) tratada nas escolas, o SINTESE na ocasião da vinda de Trevisan a Sergipe, o sindicato avaliou como importante trazer esse debate para os educadores e educadoras sergipanos.

“Em um momento que vivemos de notícias falsas, a tentativa de emplacar projetos como a Escola Sem Partido e do risco das liberdades individuais (gênero, sexo, raça, cor) ameaçadas se faz necessário um debate profundo sobre o tema da sexualidade na Educação. Não podemos nos furtar dessa discussão”, aponta Simone Gama Freitas, diretora do Departamento de Políticas Sociais e questões de Gênero, Etnia e Diversidade do SINTESE.

Durante o encontro acontece também o relançamento dos livros de Trevisan "Pai, Pai" e "Devassos no Paraíso". O livro “Pai, Pai” está entre os finalistas do Prêmio Jabuti 2018 (prêmio literário mais prestigiado do país).