Imprimir

SINTESE realiza debate sobre 50 anos do golpe militar no Brasil

Escrito por Luana Capistrano Ligado . Publicado em SINTESE Cultural

O filme ‘O dia que durou 21 anos’ abriu a primeira atividade do mais novo projeto do SINTESE Cultural,O filme conta como os Estados Unidos influenciou diretamente o golpe de estado no Brasil, em 1964O filme conta como os Estados Unidos influenciou diretamente o golpe de estado no Brasil, em 1964 o Cine SINTESE. A exibição do documentário, dirigido por Camilo Tavares, aconteceu na noite desta quarta-feira, 9, na sede central do SINTESE e teve como objetivo promover debate e reflexão sobre os 50 anos do golpe militar no Brasil.

O documentário mostra a influência direta dos Estados Unidos no golpe militar do Brasil em 1964. Com o apoio dos americanos foram derrubados os presidentes Jânio Quadros e João Goulart. O filme traz ainda documentos secretos e áudios originais da Casa Branca e da CIA que revelam como o embaixador norte-americano Lincoln Gordan arquitetou o golpe de estado com a permissão do então presidente Jonh Kennedy e de seu sucessor Lyndon Johnson. 

Após a exibição do filme aconteceu um debate conduzido pela professora doutora da Universidade Federal de Sergipe, Drª Alexandrina Luz. A professora apontou os motivos que permitiram o êxito do golpe militar. “A propaganda norte-americana contra o comunismo era impressionante e ela, de forma proposital, se espalhou pelo Brasil. Havia cartilhas e filmes que mostravam o comunismo como a falta de direitos, o cerceamento da liberdade e o fim da família. Algumas destas cartilhas chegavam a mostrar comunistas matando crianças, crianças de países comunistas matando os pais, uma coisa absurda. Tudo isso contribuiu para gerar um clima de medo entre a população. Já se tinha toda uma ideologia anticomunista fortemente trabalhada e os meios de comunicação contribuíram para que boa parte da população brasileira aceitasse o golpe”, afirmou. 

De acordo com a professora não havia no Brasil condições objetiva nem subjetivas para a implantaçãoO debate foi conduzido pela professora da UFS, Drª Alexandrina LuzO debate foi conduzido pela professora da UFS, Drª Alexandrina Luz do comunismo. “Fizeram de conta que o comunismo era a causa fundamental para a intervenção do exército a partir de um golpe de estado, mas na verdade que o estava por trás eram interesses políticos e econômicos dos Estados Unidos. Muitos perguntam: por que João Goulart não reagiu ao golpe? Jango [apelido de João Goulart] tinha a consciência de que se não se retirasse a intervenção do exército brasileiro contaria com a ajuda das forças armadas norte-americanas e o derramamento de sangue seria inevitável”, apontou Alexandrina.

Participaram do debate professores e estudantes do 3º ano, do ensino médio, do Colégio Estadual Costas e Silva. Estiveram presentes também o presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal de Sergipe, José Pacheco e o ex-preso político Marcélio Bonfim.

Para a presidente do SINTESE, Ângela Maria de Melo, a ditadura militar é uma vergonha para a históriaOs alunos do Colégio Estadual Costa e Silva estavam presentes na atividade Os alunos do Colégio Estadual Costa e Silva estavam presentes na atividade do Brasil e a população ainda hoje é obrigada a conviver com as absurdas homenagens a ditadores. “A ditadura militar é o momento mais sombrio e vergonhoso da história recente do Brasil. O SINTESE trava uma luta para que os nomes dos ditadores sejam retirados das escolas públicas de Sergipe. Não podemos permitir que pessoas que torturaram e mataram brasileiros, que lutavam por uma ideal de uma sociedade mais justa e igualitária, sejam homenageados e que seus nomes batizem escolas, ruas e bairros” destaca Ângela.   

Atividades culturais

A exibição do filme ‘O dia que durou 21 anos’ foi o ponto de partida para as diversas atividades culturais que estão sendo planejadas pelo SINTESE Cultural para 2014. A ideia é que mensalmente aconteçam não só exibições de filmes, com o Cine SINTESE, mas também recitais de poesia, canto, teatro e demais expressões artísticas.