Professora sergipana recebe prêmio da Academia Brasileira de Letras

26

A professora de artes, Maria Joselice Santana, será premiada por ocasião do concurso de redação realizado pela Academia Brasileira de Letras em parceria com a Editora Folha Dirigida. A solenidade de entrega do prêmio acontecerá no próximo dia 8, às 15 horas, na ABL, no Rio de Janeiro, e será presidida pelo acadêmico Ivan Junqueira, presidente da Academia. Escrito a partir do tema “Por que poesia em tempos de indigência?”, o texto da professora Joselice foi selecionado entre os 100 melhores do país e estará compondo as páginas do livro editado pela Academia Brasileira de Letras e Editora Folha Dirigida, junto aos outros trabalhos premiados. O livro, também intitulado “Por que poesia em tempos de indigência?”, será lançado durante a solenidade de entrega do prêmio. O trabalho de Joselice Santana, licenciada em Artes Visuais pela UFS, é fruto da observação e da experiência com alunos do município de Propriá e da periferia de Aracaju, que tiveram acesso à disciplina de artes. Para a professora, o prêmio vêm confirmar a importância do trabalho de dramaturgia que ela está desenvolvendo, há seis anos, em sala de aula. “O tema do concurso está em sintonia com o meu trabalho, que proporciona o conhecimento da arte a pessoas excluídas, desacreditadas da vida. As atividades artísticas, desenvolvidas a partir dos meus textos, contribuíram para a percepção de como essas pessoas recebem a arte”, ressalta Joselice, que vem descobrindo o significado da arte para esse grupo de pessoas que não têm perspectiva de vida melhor.