Professores entregam pauta de reivindicações ao Governo do Estado

33

Uma equipe de professores da rede estadual entregou ao governo a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2005 na terça-feira, 19, durante o ato de lançamento da campanha. O SINTESE reuniu os educadores numa manifestação em frente ao palácio de despachos para mostrar que o governo está prejudicando o magistério e a sociedade sergipana com sua política enganosa de educação. Os professores estão reivindicando o percentual de reposição salarial de 35,2% e a regulamentação de direitos previstos no Plano de Carreira e Remuneração do Magistério – Lei nº 61/2001 -, como a gestão democrática nas escolas. O magistério estadual cobra também do governo a devolução do valor que foi retirado de seus salários, através do redutor salarial, e a elaboração do Plano Estadual de Educação, com participação dos educadores. Para a manifestação, a diretoria do SINTESE espalhou cartazes na avenida de acesso ao palácio de despachos denunciando que no governo de João Alves, a educação faz mágica para sobreviver a tanto descaso. Os painéis montados no local da manifestação exibiram fotos dos prédios de muitas escolas estaduais de Aracaju, em condições de abandono e oferecendo riscos aos funcionários e estudantes. Sobre os problemas que a educação estadual enfrenta, o SINTESE pretende apresentar à sociedade um dossiê comprovando as denúncias feitas pelo sindicato. Defesa da educação pública “Agora o magistério estadual tem a necessidade de ser recebido em audiência pelo governador do Estado para negociar a pauta de reivindicações. Já fizemos dois pedidos e esperamos que esse encontro aconteça o mais rápido possível para não precisarmos radicalizar o movimento”, declara o professor Joel de Almeida, presidente do SINTESE. Joel informa que estão previstas atividades da campanha salarial para a próxima semana, quando acontece a VI Semana em Defesa e Promoção da Educação Pública, entre os dias 25 e 29, com o tema Mais Financiamento para a Educação Pública. As atividades começam com a presença do professor Joel de Almeida na sessão da Câmara Municipal de Aracaju, segunda-feira, 25, pela manhã, e na sessão da Assembléia Legislativa de Sergipe, à tarde. Joel vai falar aos parlamentares sobre VI Semana em Defesa e Promoção da Educação Pública e assuntos locais relacionados à educação. Na terça-feira, 26, os professores irão fazer uma panfletagem (local a definir) e, na quarta, 27, o SINTESE fará uma manifestação, no calçadão da rua João Pessoa, que faz parte das atividades da Paralisação Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública.