SINTESE leva reivindicação salarial ao calçadão da João Pessoa

15

A Campanha Salarial dos professores da rede estadual começa a ocupar as ruas de Aracaju. Na próxima quarta-feira, 27, acontecerá um ato a partir das 9 horas, em frente ao Bingo Palace, no calçadão da rua João Pessoa. A manifestação faz parte da Paralisação Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública, uma das atividades da VI Semana em Defesa e Promoção da Educação Pública, que começa hoje e termina na sexta-feira, 29, com o tema Mais Financiamento para a Educação Pública. Os professores estão reivindicando 35,2% de reposição salarial e a regulamentação de direitos previstos no Plano de Carreira e Remuneração do Magistério – Lei nº 61/2001 -, como a gestão democrática nas escolas. O magistério estadual cobra também do governo a devolução do valor que foi retirado de seus salários, através do redutor salarial, e a elaboração do Plano Estadual de Educação, com participação dos educadores. Atividades de campanha O SINTESE já enviou ao Governo do Estado dois ofícios solicitando audiência para negociar a pauta de reivindicações. “Esperamos que esse encontro aconteça o mais rápido possível para não precisarmos utilizar instrumentos radicais na nossa luta em defesa da educação pública e de qualidade”, declara Joel de Almeida, presidente do SINTESE. Enquanto os professores aguardam a audiência, realizam manifestações e ocupam espaços públicos para expor os problemas da educação em Sergipe. Hoje, pela manhã, o professor Joel esteve na sessão da Câmara Municipal de Aracaju e, à tarde, na sessão da Assembléia Legislativa de Sergipe para falar aos parlamentares sobre VI Semana em Defesa e Promoção da Educação Pública e assuntos locais relacionados à educação.