Educadores de Poço Verde conquistam reajuste de 25%

20

Foi preciso paralisar as atividades nas escolas para a prefeitura aumentar sua proposta de salário A data-base do magistério é em 1º de maio, mas somente no mês de setembro os professores da rede municipal de Poço Verde conseguiram o reajuste salarial. Diante de muitas tentativas de negociação, sem resposta positiva, foi preciso que os professores paralisassem suas atividades para a administração municipal aumentar sua proposta de salário.

“A prefeitura ofereceu 3%, inicialmente, embora os recursos do Fundef de 2005 tivessem aumentado para cerca de 27% em relação a 2004”, lembra o professor Paulo Roberto Caduda, coordenador de Formação Sindical da sub-sede do SINTESE no Centro-Sul. Depois de muita discussão e estudos realizados pelo SINTESE, os educadores tiveram um reajuste de 25% nos seus salários. Essa conquista só foi possível através da luta e resistência dos trabalhadores em educação do município.

Eleição para diretor será este ano
O sistema de gestão democrática está sendo concretizado nas escolas de Poço Verde. Apesar da resistência da Secretaria Municipal de Educação, os diretores das escolas públicas do município serão escolhidos pela comunidade escolar, através de eleição direta. “Esperamos que isso aconteça ainda este mês, mesmo contra a vontade de alguns dirigentes públicos. Será um avanço significativo para a construção de uma educação cidadã”, considera o professor Caduda.