Professores e alunos exigem construção de muro no Colégio Nilson Socorro

42

Nos últimos meses, os professores e alunos do Colégio Estadual Nilson Socorro vêm sofrendo as conseqüências da falta de segurança na escola, que não tem muro. Nos últimos meses, os professores e alunos do Colégio Estadual Nilson Socorro vêm sofrendo as conseqüências da falta de segurança na escola, que não tem muro. As aulas estão sendo interrompidas pelas pedras que são atiradas para dentro das salas, prejudicando o ensino e ameaçando a vida de professores e alunos. Essas pedras atingem as vidraças da escola, deixando entrada livre para vândalos e pichadores.

Diante dessa situação de risco, os professores e alunos cobram do Governo do Estado a construção do muro e a permanência de policiais no colégio para garantir segurança na escola. A direção do colégio informa que já enviou ofícios à Secretaria de Estado da Educação, a pedido dos professores, solicitando providências.

Como a falta de segurança continua, os professores estão preparando um documento com fotos da escola para entregar ao governador. Os educadores não admitem que o Colégio Estadual Nilson Socorro permaneça nessa situação de insegurança e de ameaça à integridade física da comunidade escolar.