Magistério de Japaratuba paralisa atividades amanhã

49

Os professores da rede municipal de Japaratuba estarão reunidos amanhã, 16, a partir de 7 horas, em frente à prefeitura, para um café da manhã de protesto. Os professores da rede municipal de Japaratuba estarão reunidos amanhã, 16, a partir de 7 horas, em frente à prefeitura, para um café da manhã de protesto. As aulas estarão paralisadas durante todo o dia. Há mais de quatro anos os educadores tentam reformular o plano de carreira do magistério, mas a administração municipal não se dispõe a negociar com o SINTESE.

Além do impasse para a reformulação do plano de carreira, os professores e alunos enfrentam outros problemas no município. No povoado Riachão, existem salas de aula abrigando turmas de quatro séries escolares diferentes. O prédio da escola do povoado Encruzilhadas apresenta rachaduras desde o ano passado e o banheiro já desabou. “Com medo de sofrerem acidentes, os educadores estão dando aula no pátio porque a estrutura do prédio é muito precária”, revela o professor Paulo César Fernandes, diretor do Departamento de Formação Sindical do SINTESE. Paulo César acrescenta que no povoado Simbalde, existe sala de aula com 25 crianças de três a seis anos de idade estudando juntas.

A paralisação tem o objetivo de cobrar providências da administração municipal. Os professores necessitam de melhores condições de trabalho e os alunos de um ambiente seguro e adequado para receberem educação pública de qualidade.