Magistério realiza assembléia amanhã

22

Professores preparam campanha salarial para levar às ruas. Hoje tem nova audiência de negociação O SINTESE convoca os professores da rede estadual de ensino para uma assembléia geral extraordinária, que será realizada amanhã, dia 6, às 15 horas, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe. Na assembléia, a comissão de negociação do SINTESE dará informações ao magistério sobre o andamento da Campanha Salarial deste ano. Estão na pauta também os encaminhamentos referentes à Semana Nacional da Educação, promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE.

Os professores preparam a campanha salarial para levar às ruas de Aracaju e todo o estado de Sergipe. Com o slogan ‘Não dá para esperar! Sou professor. Mereço salário digno’, o magistério vai mostrar à população que começou a luta por melhores salários, condições de trabalho, segurança nas escolas e ensino público de qualidade. Um dos principais itens dessa pauta é o aumento de 31% no salário, a partir de 1º de maio.

Hoje, a comissão de negociação do SINTESE terá uma nova audiência com o secretário de Estado da Educação, Lindbergh de Lucena, para continuar a negociar a pauta de reivindicações do magistério. Durante as reuniões já ocorridas entre o sindicato e Secretaria de Estado da Educação – SEED, o secretário afirmou que reconhece as perdas históricas nos salários dos educadores da rede estadual.

Lindbergh informou que ainda não concluiu os estudos sobre o impacto do percentual de reajuste dos professores na folha de pagamento da SEED, mas garantiu que irá apresentar esses estudos à comissão de negociação. O Governo do Estado deve uma resposta ao magistério. O SINTESE também está elaborando estudos de impacto na folha da SEED, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – Dieese – para apresentar ao governo.