Professores terão audiência com governador

27

Magistério vai acompanhar a comissão de negociação do SINTESE ao Palácio de Despachos, onde farão vigília Não dá para esperar! Mereço salário digno, já! Essa é a frase de ordem que está mobilizando o magistério estadual na campanha salarial deste ano. Na assembléia de sexta-feira, 28, os professores decidiram acompanhar a comissão de negociação do SINTESE até o Palácio de Despachos para a audiência com o governador do estado, onde farão vigília. A audiência está marcada para terça-feira, 02, às 17 horas. O SINTESE convoca os professores para nova assembléia na quarta-feira, 03, às 10 horas, no Instituto Histórico e Geográfico, para avaliar a proposta de reajuste salarial do governo.

“Os educadores estão revoltados com forma desrespeitosa com que a secretaria de educação vem tratando, neste momento, nossa entidade sindical”, afirma o professor Joel de Almeida, presidente do SINTESE. Segundo Joel, os professores aguardam a proposta do Governo do Estado há três semanas. O secretário de Estado da Educação, Lindbergh de Lucena, adiou a última audiência para sexta-feira, mas não apareceu, apenas enviou o assessor de comunicação da secretaria.