Professores distribuem carta ao povo de Sergipe

25

A campanha salarial do magistério estadual começa a envolver a população. A partir de hoje, 04, os professores estarão nas ruas distribuindo uma carta ao povo de Sergipe, que expõe a luta do magistério por salário digno, melhores condições de trabalho e educação de qualidade para os filhos dos cidadãos sergipanos. A campanha salarial do magistério estadual começa a envolver a população. A partir de hoje, 04, os professores estarão nas ruas distribuindo uma carta ao povo de Sergipe, que expõe a luta do magistério por salário digno, melhores condições de trabalho e educação de qualidade para os filhos dos cidadãos sergipanos. Essa ação está acontecendo em Aracaju e em todos os municípios filiados ao SINTESE.

“Estamos mobilizados em todo o estado e queremos o apoio da população para a nossa luta por 31% de reajuste salarial e por ensino público de qualidade para o povo de Sergipe”, ressalta o professor Joel de Almeida, presidente do SINTESE. Segundo Joel, os educadores sempre contaram com o apoio da população durante as campanhas salariais dessa categoria profissional.

Leia a Carta do Magistério ao Povo de Sergipe:

Carta aberta ao povo de Sergipe

Em defesa da Escola Pública de qualidade e dos direitos dos Professores

A educação de qualidade é um direito de todos. A maioria das escolas estaduais funciona precariamente. Falta quase tudo: material didático, equipamentos pedagógicos, bibliotecas, laboratórios e até papel.

Os impostos que você paga deve financiar a melhoria da qualidade do ensino público e os salários dos professores. O problema é que o dinheiro da educação muitas vezes se perde no meio do caminho. As verbas da educação são usadas para pagar propaganda do governo, o monte de cargos de apadrinhados dos políticos, obras caríssimas e contratos milionários com empresas e fundações.

Os professores dos filhos do Povo de Sergipe não recebem salário digno. A cada ano que passa os professores estão ficando mais pobres. Entra governo sai governo e a política é arrochar os salários dos professores.

Os professores são lutadores. Estão reivindicando do Governo de Sergipe um reajuste salarial de 31%, como primeiro passo para recuperar as perdas salariais. Nas ruas lutam para que as escolas estaduais possam oferecer ensino de qualidade para todos. O Governador João Alves prometeu anunciar no próximo dia 08 de maio (segunda-feira) o reajuste dos professores.

O Povo de Sergipe apóia a luta dos Professores. A população de Sergipe sempre foi solidária com as lutas dos educadores dos seus filhos.

Mais uma vez o apoio dos sergipanos será decisivo aos educadores da rede estadual de ensino que lutam por dignidade e respeito.

Aracaju (SE), 04 de maio de 2006

Direção do SINTESE