Professores permanecem em campanha salarial nos municípios

22

A luta da categoria continua firme e atuante em diversas regiões do estado Educadores de Santo Amaro aguardam contraproposta

As negociações da campanha salarial dos professores de Santo Amaro continuam. Na quarta-feira, dia 24, o prefeito José Ivaldo Costa vai receber a comissão do SINTESE para apresentar a contraproposta da administração municipal. Os educadores propõem aumento de 16,07%, o mesmo percentual aplicado ao salário mínimo.

Na primeira audiência, ocorrida dia 10 de maio, o secretário Municipal de Finanças, Horácio Fontes, comunicou à comissão de negociação do SINTESE que a administração não tinha dinheiro para reajustar os salários dos educadores. No entanto, os estudos feitos pela assessoria do sindicato mostram que a prefeitura tem condições de dar aumento, utilizando o mínimo de 60% dos recursos do Fundef que, por lei, devem ser gastos com os salários dos professores.

Magistério de Canindé rejeita proposta de 5%

A proposta da prefeitura de Canindé do São Francisco de reajuste salarial de 5% não agradou os professores do município. O estudo de impacto na folha de pagamento da Secretaria Municipal de Educação mostrou que a administração tem condições de aumentar em 15% os salários dos professores. O magistério rejeitou o percentual proposto pela secretaria de educação e aguarda nova audiência para continuar a negociação. Os professores informam que permanecem em estado de assembléia permanente.

Professores de Poço Redondo vão definir reajuste

A comissão de negociação do SINTESE, em Poço Redondo, esteve em audiência com o secretário municipal de Educação e o do Controle Interno, na quinta-feira, 11. O assunto da reunião foi a pauta de reivindicações do magistério. Os representantes da administração municipal se comprometeram em enviar aos professores os documentos de comprovação de despesas da Secretaria Municipal de Educação. A partir desses documentos, o SINTESE definirá o percentual de reajuste salarial que será proposto para a administração, através do estudo de impacto na folha de pagamento da secretaria.