Professores vitoriosos em oito municípios

20

Em oito cidades sergipanas as lutas dos professores sergipanos tiveram conseqüências positivas. Após muita conversa e negociação os educadores conseguiram índices salariais que em alguns casos recompõem as perdas salariais Em oito municípios sergipanos as lutas dos professores sergipanos tiveram conseqüências positivas. Após muita conversa e negociação os educadores conseguiram índices salariais que em alguns casos recompõem as perdas salariais e trazem ganho real aos salários. Em Itabaiana os educadores conseguiram 5% e este percentual só recuperou a inflação do período. “Os educadores só conseguiram bons percentuais porque estiveram juntos e mobilizados. E é só com a mobilização a luta e a resistência que os educadores estão conseguindo fazer valer os seus direitos e conquistarem salários e condições dignas de trabalho”, disse o presidente do SINTESE.

Em outros municípios a situação ainda está em aberto. É o exemplo de Canindé, Nossa Senhora das Dores, Salgado, Campo do Brito, Malhador, Lagarto e Macambira. Na última segunda-feira (03) os professores de Canindé e Dores realizaram atos públicos com o objetivo de mostrar a situação da Educação nos dois municípios. Em Lagarto a greve completa um mês hoje (09) e as negociações não avançaram.

Municípios que conseguiram recuperar perdas salariais.

Riachão do Dantas 18%
Barra dos Coqueiros 18%
Siriri 17%
Areia Branca 15%
Pedrinhas 15%
Japoatã 15%
São Cristóvão 11%