SINTESE promove palestra sobre a pedagogia da hegemonia

25

Nesta sexta, dia 14, às 19h, o SINTESE realiza no Instituto Histórico e Geográfico palestra sobre “A nova pedagogia da hegemonia: estratégias burguesas para educar o consenso”. No próximo dia 14, sexta-feira, o SINTESE – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe realiza no Instituto Histórico e Geográfico a partir das 19h, palestra sobre “A nova pedagogia da hegemonia: estratégias burguesas para educar o consenso”, com o professor Dr. André Silva Martins da Universidade Federal de Juiz de Fora.

O curso faz parte do encerramento das Oficinas Pedagógicas da Resistência realizada pelo sindicato desde o último dia 03 no Colégio Atheneu Sergipense. As oficinas tiveram como objetivo dar oportunidade de capacitação e formação continuada aos filiados. “O Estado e as prefeituras não contam atualmente com um calendário efetivo de cursos de formação continuada para os educadores. Então o sindicato oferece essas oficinas para suprir a carência de oportunidades de capacitação dos nossos filiados”, disse Joel Almeida, presidente do SINTESE. Vale ressaltar que as oficinas são em caráter suplementar, pois a obrigatoriedade de oferecer cursos de aperfeiçoamento e capacitação dos educadores é do Estado e dos municípios.

Gratificação

Os professores da rede estadual e da maioria das redes municipais têm direito, segundo o Plano de Carreira e Remuneração do Magistério, a uma gratificação de “incentivo a auto-qualificação profissional”, ou seja, o professor receberá um adicional de 50% do salário base para estudar a aperfeiçoar seus conhecimentos. “Os professores da rede estadual e dos municípios nunca receberam essa gratificação. As oficinas serviram também para despertar os professores para a luta por um direito garantido em lei. Com mais qualificação os professores podem exercer melhor seu papel de intelectual e formador dos futuros cidadãos”, completou Joel.