Educadores aprovam moções de repúdio e apoio

23

O primeiro dia do XI Congresso também foi marcado pela aprovação de duas moções de repúdio e uma de apoio. O primeiro dia do XI Congresso também foi marcado pela aprovação de duas moções de repúdio e uma de apoio. A primeira moção é de repúdio contra a ofensiva dos Estados Unidos a soberania de Cuba. Segundo o documento, desde que foi comunicado o estado de saúde de Fidel Castro e a delegação provisória de seus cargos, que os Estados Unidos, através de funcionários de alto escalão, têm declarado a necessidade de garantir a “urgência da sucessão do regime de Castro”.

Ante este processo de desrespeito a soberania de Cuba os professores do XI Congresso Estadual dos Trabalhadores da Educação aprovaram uma moção de repúdio a esta política imperialista dos Estados Unidos.

A ofensiva de Israel contra o Líbano também foi motivo de repúdio dos professores do XI Congresso. A moção aprovada, tendo apenas uma discordância, diz também que Israel deve devolver de imediato, todos os territórios palestinos ocupados e financiar a recuperação do Líbano.

As medidas tomadas pelo governo boliviano de nacionalização das empresas estrangeiras no país visando melhorar a qualidade de vida da população foi o motivo da moção de apoio aprovada pelos educadores.