SINTESE lança perfil sobre a Educação Pública de Sergipe

34

Nesta terça-feira, 26, à partir das 08:00h no auditório da CUT/SE, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial de Sergipe – SINTESE apresenta o “Perfil das Escolas de Sergipe 2006”. A pesquisa foi feita em 747 escolas das redes municipais e da rede estadual. Nesta terça-feira, 26, à partir das 08:00h no auditório da CUT/SE, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial de Sergipe – SINTESE apresenta o “Perfil das Escolas de Sergipe 2006”. A pesquisa foi feita em 747 escolas das redes municipais e da rede estadual. Segundo o diretor de Comunicação do SINTESE, Roberto Silva, essa é a maior pesquisa sobre escolas realizada em Sergipe e tem como objetivo “apresentar a sociedade sergipana a situação atual das escolas de nosso Estado“, explicou.

O perfil é a síntese de uma pesquisa ampliada realizada em todo estado de Sergipe, abrangendo 71 municípios (94% do total dos municípios sergipanos). Os questionários foram aplicados em 541 escolas municipais e 206 estaduais. Sendo que 69% tem até 300 alunos, 11% são escolas com total de alunos variando entre 301 e 500, 8% entre 501 e 1000 alunos matriculados, 3% têm entre 1001 e 2000 e 1% mais de 2000 mil alunos. Estas escolas estão localizadas tanto na zona urbana quanto na zona rural. “Através desse perfil vamos exigir dos gestores públicos tanto em nível municipal, quanto estadual e inclusive do governo federal ações que busquem melhorias significativas em nossas escolas e principalmente nas políticas pedagógicas adotadas”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida.

Joel ressaltou que o SINTESE, enquanto sindicato que representa os trabalhadores da Educação, vem atuando na busca por uma educação socialmente referenciada e por uma realidade social diferente da que é atualmente imposta. “Agimos através das denúncias de irregularidades cometidas pelo governo estadual e administrações municipais e também na luta por salários dignos para professores, na realização de atividades sindicais, político-pedagógicas, ou seja, utilizamos ferramentas que buscam despertar a sociedade para a situação educacional de Sergipe”.

A pesquisa foi feita através de questionários respondidos por professores, diretores, além de funcionários das escolas e está dividida em oito grandes temáticas:

•Pacotes educacionais aplicados nas escolas;
•Projeto político-pedagógico;
•Gestão escolar;
•Condições estruturais das escolas
•Material didático-pedagógico;
•Merenda escolar;
•Saúde dos profissionais do magistério;
•Violência e segurança nas escolas

Os resultados constatados pela aplicação dos questionários também estarão representados por fotografias tiradas em algumas das escolas pesquisadas.

Além de representantes dos diversos setores da sociedade sergipana serão convidados a participar do lançamento os coordenadores das campanhas eleitorais para governo do Estado. Ainda segundo o presidente do SINTESE o convite a participar do lançamento do “perfil” é para que o futuro governador saiba quais serão as prioridades da política educacional a partir de 2007.