Sintese entra com representação no MP contra o Estado

30

Na próxima quarta-feira, 1ª, os professores vão ocupar as galerias da Assembléia Legislativa para fazer com que os deputados estaduais participem da discussão Na próxima quarta-feira, 1ª, os professores vão ocupar as galerias da Assembléia Legislativa para fazer com que os deputados estaduais participem da discussão

Em assembléia geral realizada ontem, 25, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado de Sergipe (Sintese) decidiu que vai entrar com uma representação no Ministério Público Estadual para que o Governo do Estado cumpra o que foi determinado pelo Programa de Inclusão Digital do Magistério (Proid).

O Sindicato vai solicitar ainda uma audiência pública com representantes da Secretaria de Estado da Educação e de representantes das empresas fornecedoras dos microcomputadores para que se possa encontrar uma solução para a continuidade do programa, que foi suspenso há cerca de um mês, deixando milhares de professores sem receber o computador, como foi prometido.

De acordo com a secretária adjunta da Educação, Márcia Valéria Santana, nenhum professor será prejudicado com a suspensão temporária do programa e que dos oito mil computadores que devem ser adquiridos pelos profissionais, cerca de 5.200 já foram entregues ou estão em fase de entrega. Ela acrescentou que o governo não teria condição financeira de fechar todas as entregas este ano e nem as empresas teriam como atender a demanda.

fonte:Cinform online