Educadores de Itabaiana paralisam atividades dias 31 e 01

28

Devido a diversos problemas na Educação da rede municipal e a falta de vontade da administração municipal em resolvê-los os educadores de Itabaiana paralisam as atividades nos dias 31/10 e 01/11.< Devido a diversos problemas na Educação da rede municipal e a falta de vontade da administração municipal em resolvê-los os educadores de Itabaiana paralisam as atividades nos dias 31/10 e 01/11.

Segundo Maria Enivalda Leite, da sub-sede de Itabaiana, há vários meses o SINTESE vem tentando uma audiência com a prefeita Maria Mendonça, mas até agora não obteve resposta. O Estatuto do Magistério precisa ser reformulado, pois os professores estão perdendo vários direitos a exemplo da titulação de 10%.

Outro problema grave é com relação a carga horária dos professores, muitos que têm 200 horas como carga horária estão com horários ociosos, mas a secretaria de Educação ao invés de completar a carga horária dos professores, contrata novos profissionais para sala de aula, causando aumento desnecessário na folha de pagamento.

A falta de estrutura da secretaria municipal de Educação também preocupa o SINTESE, em menos de dois anos a pasta da Educação já teve quatro titulares. “A secretaria não consegue se organizar e muito menos dar apoio pedagógico as unidades de ensino da rede municipal, isso é grave pois são os alunos que ficam prejudicados”, frisou Enivalda. Ela conta ainda que a falta de compromisso e o autoritarismo de alguns diretores também preocupa o sindicato, pois muitos alunos estão saindo das escolas da rede municipal. A solução deste problema seria a gestão democrática com eleição direta para os diretores, isso inclusive foi promessa de campanha da prefeitura Maria Mendonça e até agora não foi cumprida.