SINTESE entrega pauta da campanha salarial a SEED

23

São dezessete pontos que tratam desde a proposta de reajuste salarial de 31% até a melhoria das condições de trabalho aos professores e elaboração do plano estadual de educação. O SINTESE entregou na última segunda-feira, 19, a pauta da campanha salarial 2007 para a Secretaria de Estado da Educação. São dezessete pontos que tratam desde a proposta de reajuste salarial de 31% até a melhoria das condições de trabalho aos professores e elaboração do plano estadual de educação. No documento entregue a SEED o sindicato sugere que seja elaborado um calendário de reuniões para os meses de março e abril para discutir a pauta.

O percentual de reajuste pedido pelo sindicato tem como base as perdas salariais acumuladas pela categoria desde o abril de 1995. O índice de perdas para quem tem nível médio e está em início de carreira e para quem tem nível superior e está em final de carreira varia entre 21,46% e 49,38%. O percentual proposto pelo sindicato não vai suprir todas as perdas salariais, mas vai ser o início do processo de valorização do magistério estadual.

Confira tabela com as perdas históricas do magistério.

Perdas Históricas
Confira as perdas salariais do magistério

O sindicato tem a expectativa de que atual governo do Estado tenha agilize a discussão da pauta e que o índice de reajuste salarial seja definido o mais breve possível. “O atual governo tem consciência de que o magistério da rede estadual vem acumulando perdas salariais nos últimos doze anos e por causa disso estão condenados a um processo de empobrecimento”, comentou o presidente do SINTESE, Joel Almeida.

Seguindo exemplo de anos anteriores a pauta apresenta pelo SINTESE não se restringe aos aspectos salariais, a cada ano ela se amplia, até porque várias questões de interesse não só dos educadores, mas do sistema de ensino da rede estadual continuam pendentes. Exemplo disso é a elaboração do Plano Estadual de Educação – PEE que é previsto na legislação educacional, mas que o Estado não cumpre. Sergipe é um dos poucos estados brasileiros que não abriu discussões e debates sobre a elaboração do PEE.

Condições de trabalho
A elaboração de um plano de formação continuada para o magistério

Nossa Luta
Confira a Pauta de Reivindicações do Magistério

público da rede estadual também é uma das reivindicações do sindicato. Segundo o SINTESE há anos o Estado não tem uma política permanente de formação dos professores. “O que acontece são cursos esporádicos sem continuidade e muitas vezes sem relação um com o outro”, apontou a diretora do departamento de Base Estadual Ubaldina Moreira.

Gestão Democrática
Um dos pontos da pauta que os educadores esperam que seja implantado neste governo é a gestão democrática nas escolas. O sindicato entende a gestão participativa nas escolas contribui para a formação da cidadania nos alunos e também na comunidade no entorno da escola. Ó processo de discussão para a regulamentação e implantação da gestão democrática nas escolas foi iniciado em 2002, tendo o sindicato inclusive apresentado uma proposta de lei, mas as negociações não avançaram no governo anterior. “Acreditamos que o autoritarismo e o clientelismo existente hoje na direção das escolas deve ser banido. A comunidade escolar deve ter o direito de escolher quem vai dirigir a escola e ajudar a decidir questões administrativas, financeiras e pedagógicas”, apontou o vice-presidente do SINTESE, Carlos Sérgio Lobão.

Transparência
Diante das denúncias de desvio de carne e indícios de superfaturamento na compra dos gêneros alimentícios do cardápio da merenda escolar o sindicato defende também a realização de auditoria nas contas da SEED. O sindicato defende que essa gestão faça auditoria nas contas por uma questão de transparência, combate a impunidade e respeito ao dinheiro do contribuinte. “É preciso apurar os fatos e se houver veracidade punir exemplarmente os responsáveis e que eles devolvam o dinheiro”, enfatizou Joel.

Confira pauta completa do SINTESE para campanha salarial 2007


Veja também o que já foi publicado sobre:
Campanha Salarial