Magistério Estadual lança campanha salarial

38

“Chegou a hora de valorizar o professor, de dar início a uma nova educação”. Com esse tema o SINTESE fez nesta quarta-feira, dia 04, o lançamento da Campanha Salarial 2007 no Calçadão da João Pessoa, em Aracaju.

Professores se uniram para anunciar as reivindicações

“Chegou a hora de valorizar o professor, de dar início a uma nova educação”. Com esse tema o SINTESE fez nesta quarta-feira, dia 04, o lançamento da Campanha Salarial 2007 no Calçadão da João Pessoa, no centro de Aracaju.
Nos 17 pontos da pauta de reivindicação, que já foi entregue ao secretário estadual de Educação, estão: 31% de reajuste salarial, continuidade do Programa de Inclusão Digital do Magistério – PROID, pagamento do Funaserp, pagamento do redutor salarial, progressão automática de nível, gestão democrática, elaboração do Plano Estadual de Educação, extinção dos pacotes educacionais, entre outros.

O percentual de reajuste pedido pelo sindicato tem como base as perdas salariais acumuladas pela categoria desde o abril de 1995. O índice de perdas para quem tem nível médio e está em início de carreira e para quem tem nível superior e está em final de carreira varia entre 21,46% e 49,38%. O percentual proposto pelo sindicato não vai suprir todas as perdas salariais, mas vai ser o início do processo de valorização do magistério estadual.

Valorização profissional é um dos temas da campanha
fotos: SINTESE

As reivindicações fazem parte de três grandes anseios do magistério estadual para 2007: valorização do professor, condições de trabalho e gestão democrática. “Todos os pontos da pauta buscam cumprir estas metas. Sem elas não há como fazer a verdadeira mudança na educação pública da rede estadual”, enfatizou o presidente do SINTESE, Joel Almeida.

A criatividade e a irreverência também marcaram o ato do SINTESE. Um ovo de páscoa tamanho gigante foi instalado no Calçadão da João Pessoa. As pessoas poderiam tirar doces e conhecer os pontos da pauta de reivindicações. Uma enquete foi feita com pessoas sobre a eleição para diretor. “Esse ovo representava a esperança de renovação que os professores esperam deste novo governo”, comentou a diretora do Departamento de Base Estadual, Ubaldina Menezes.

Audiência
Na primeira audiência com o secretário de Educação realizada no último dia 30, já foram discutidas a questão do reajuste salarial, gestão democrática, Sistema de Avaliação Periódica de Desempenho – SAPED, pacotes pedagógicos, passivo trabalhista, Plano Estadual de Educação e retorno da automaticidade para progressão funcional, continuidade do Programa de Inclusão Digital do Magistério – PROID. A próxima audiência está marcada para o dia 10.

Veja também o que já foi publicado sobre
Campanha Salarial