Professores dão prazo até dia 08 para governador falar sobre reajuste salarial

19

Dia 09 o magistério realiza assembléia geral para definir os próximos passos da campanha salarial Os professores decidiram na assembléia realizada no dia 03, que estão em estado de assembléia permanente. Em conseqüência disso a próxima assembléia do magistério estadual está marcada para o dia 09, às 15h, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, na rua Itabaianinha, 41, no centro de Aracaju. Os professores também deflagraram a campanha “Sinal de Alerta”. “Toda categoria está mobilizada e em expectativa para a resposta do governador”, disse presidente do SINTESE, Joel Almeida.

O sindicato, após aprovação da assembléia, enviou ofício ao governador Marcelo Déda solicitando um posicionamento oficial, até a próxima terça-feira, dia 08, sobre o índice de reajuste salarial.

De acordo com o SINTESE o governo cometeu três erros com relação a forma de restituição do fundo. Primeiro não ouviu as propostas dos servidores. Segundo, pagar quem tem menos a receber prioriza quem aderiu ao plano de 50% e penaliza os servidores que não aceitaram perder metade do valor. O terceiro erro é a antecipação do valor pelo Banese, através de empréstimo com juros de 1,5%.

Pelos cálculos feitos pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômico – Dieese, a pedido dos sindicatos, quem pedir antecipação e só vai receber em 2009 perde 49,5% só em juros. “Nenhuma categoria de servidor público ficou satisfeita com índice de reajuste e o método de pagamento do Funaserp, principalmente pelo modo anti-democrático como ela foi feita. É preciso rever as suas questões”, destacou Joel.

Em relação ao pagamento do Funaserp os professores definiram que o Estado priorize em 2007 aqueles que têm 100% a receber do fundo. Para os servidores que aderiram ao plano e que já receberam 50% tenham o restante do valor devolvido em 2008.

Essa proposta inclusive foi aceita pelos demais sindicatos em reunião acontecida na última quarta-feira, dia 02. “Na última segunda, dia 07, os representantes dos sindicatos dos servidores entregaram a decisão ao líder do governo da Assembléia Legislativa, deputado Francisco Gualberto”, explicou o vice-presidente do SINTESE, Carlos Sérgio Lobão.

Veja também o que já foi publicado sobre:
Funaserp
Reajuste Salarial