SINTESE oferece nova edição das Oficinas Pedagógicas da Resistência

27

Os temas escolhidos estão inseridos na atual realidade do magistério estadual sergipano. Inscrições já podem ser feitas através do site do SINTESE. Visando proporcionar maior possibilidade de participação dos professores filiados, o SINTESE realiza as Oficinas Pedagógicas da Resistência durante os dias 11 e 13 de julho. Além disso, a sistemática das oficinas também será diferente, serão quatro grandes seminários que abordarão os seguintes temas: educação emancipatória – a alternativa aos pacotes educacionais; gestão democrática; etnicidade e ensino médio profissionalizante.

Inscrições On Line

Os cursos serão realizados nos auditórios: da Faculdade Pio Décimo, OAB/SE, Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social – SEIDES e Instituto Histórico e Geográfico. Os temas escolhidos estão inseridos na atual realidade do magistério estadual sergipano.

Para os professores filiados as inscrições poderão ser feitas através do site do SINTESE até às 18h do dia 09 de julho. Quem não tiver acesso a internet pode fazer a inscrição na sede do sindicato na rua Sílvio Teófilo Guimarães, 70, Pereira Lobo e nas sub-sedes de Itabaiana, Nossa Senhota da Glória, Neópolis, Lagarto e Estância.

Vale lembrar as oficinas são oferecidas aos professores filiados ao sindicato, àqueles que não possuem vínculo sindical devem preencher a ficha de filiação na sede do sindicato ou sub-sedes e participar das oficinas.

Durante os três dias de seminário os professores poderão aprofundar os temas através de palestras ministradas por educadores tanto de Sergipe quanto de fora do estado.

Dando continuidade a parceria entre o SINTESE e a UFS os certificados serão fornecidos pela universidade àqueles que cumprirem a carga horária mínima.

Professores de Socorro entram na Justiça
Os professores da rede municipal de Socorro vão entrar com uma ação judicial para garantir o direito da licença prêmio a cada cinco anos de trabalho no serviço público. Uma decisão da prefeitura está restringindo a concessão a licença prêmio somente para os últimos cinco anos trabalhados. Por exemplo, o servidor que tem 15 anos de magistério, teria direito a três licenças, mas a administração municipal só está concedendo uma. Os professores podem procurar o sindicato munidos de ficha financeira ou contracheque, decreto de nomeação e cópias da identidade e CPF.

Veja também o que já foi publicado sobre:
Oficinas da Resistência