Dia 29 tem paralisação nacional dos professores do Brasil

27

Dia 29 tem paralisação nacional dos professores do Brasil Em todo o país, no próximo dia 29, professores da rede estadual e municipal estarão mobilizados, em greve, como resposta a tantas reivindicações não atendidas em relação ao atual piso salarial da categoria.

Para a movimentação nacional, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – Cnte – está preparando protestos e aulas públicas que ocorrerão durante todo o dia, tanto em âmbito estadual, quanto municipal.

Já na agenda dos educadores do Estado de Sergipe, mais especificamente, que terão Aracaju como palco para sua paralisação, está o debate sobre o Plano de Desenvolvimento da Educação – PDE – e Piso Salarial Nacional do Magistério Público – Psnp. O debate acontecerá a partir das 14h, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, no centro.

Greve dos professores da Escola Estadual Olímpia Bittencourt será sexta

O caso da Escola Estadual Olímpia Bittencourt, localizada no bairro Santos Dumont, em Aracaju,têm deixado professores e alunos indignados, a ponto de paralisarem suas atividades na próxima sexta-feira, 17.

Trata-se da conduta repulsiva utilizada pela diretora Maria Inez Gomes Braga. Além de agredir verbalmente funcionários, professores e alunos, no pátio da escola, inclusive na presença dos pais, Maria Inez Gomez Braga ameaça a todos.

Chamar as pessoas de ‘ladras’ e ‘canalhas’ parece ser a coisa mais natural e sem importância do mundo para ela. Nem mesmo perante a presença dos pais dos alunos a diretora controla seus atos, fazendo comentários maldosos a respeito do quadro funcional da escola.

Caso o Secretário de Educação, José Fernandes de Lima, não tome providências diante das denúncias feitas pelo corpo docente escolar e pelo Sindicato dos Professores do Estado de Sergipe – SINTESE -, a greve será apenas uma entre as muitas conseqüências do descaso que ocorre até agora frente a tal situação.

Este não é um caso isolado na capital sergipana. O que acontece na Escola Olímpia Bittencourt se repete nas escolas Poeta Garcia Rosa, 17 de Março e Senador Leite Neto.

Conselhos não renovados, falta de transparência confirmada Os Conselhos de Alimentação de 11 prefeituras do Estado de Sergipe estão com prazo de vigência vencido e correm risco de não receberem investimentos do Ministério da Educação, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – Fnde – para 2007, caso não corrijam urgentemente tal situação.

Por lei, a cada dois anos os membros do conselho devem ser renovados. Não ocorrendo isto, as prefeituras em situação de irregularidade, perdem a verba federal encaminhada para o custeio da alimentação nas escolas.

Confira a lista de municípios sergipanos que apresentam conselhos com tempo de atuação e datas expiradas: Barra dos Coqueiros (20/07/2007); Canhoba (02/08/2007); Estância (02/08/2007); Indiaroba (27/07/2007); Laranjeiras (04/08/2007); Maruim (13/07/2007); Pacatuba (04/07/2007); Pirambu (11/04/2007); Riachão do Dantas (1º/08/2007); Santa Rosa de Lima (25/04/2007); e São Domingos (15/02/2007).