Conselhos não renovados, falta de transparência confirmada

30

Os Conselhos de Alimentação de 11 prefeituras do Estado de Sergipe estão com prazo de vigência vencido e correm risco de não receberem investimentos do Ministério da Educação, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – Fnde – para 2007, caso não corrijam urgentemente tal situação. Os Conselhos de Alimentação de 11 prefeituras do Estado de Sergipe estão com prazo de vigência vencido e correm risco de não receberem investimentos do Ministério da Educação, através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – Fnde – para 2007, caso não corrijam urgentemente tal situação.

Por lei, a cada dois anos os membros do conselho devem ser renovados. Não ocorrendo isto, as prefeituras em situação de irregularidade, perdem a verba federal encaminhada para o custeio da alimentação nas escolas.

Confira a lista de municípios sergipanos que apresentam conselhos com tempo de atuação e datas expiradas: Barra dos Coqueiros (20/07/2007); Canhoba (02/08/2007); Estância (02/08/2007); Indiaroba (27/07/2007); Laranjeiras (04/08/2007); Maruim (13/07/2007); Pacatuba (04/07/2007); Pirambu (11/04/2007); Riachão do Dantas (1º/08/2007); Santa Rosa de Lima (25/04/2007); e São Domingos (15/02/2007).