Ato Público em Moita Bonita será domingo

29

No próximo domingo, 2, os professores de Moita Bonita estarão reunidos em frente à Praça da Feira, a partir das 8h30, onde realizarão um Ato Público em solidariedade aos professores que estão sendo perseguidos pela Administração Municipal, em especial à professora Adineide Barreto Lima. No próximo domingo, 2, os professores de Moita Bonita estarão reunidos em frente à Praça da Feira, a partir das 8h30, onde realizarão um Ato Público em solidariedade aos professores que estão sendo perseguidos pela Administração Municipal, em especial à professora Adineide Barreto Lima.

A professora ensina para crianças da 1ª fase do Ensino Fundamental e cursa o último período da faculdade de Biologia, na Universidade Federal de Sergipe – UFS -, através do Plano de Qualificação Docente – PQD.

A Secretaria Municipal de Moita Bonita insiste em não reequacionar a jornada de trabalho de Adineide Barreto Lima de tal forma que a professora possa freqüentar as aulas às sextas-feiras e sábados.

Vale ressaltar que dos cinco professores que estudam através do PQD em Moita Bonita, somente com a delegada sindical ocorre tal situação. Tão grave quanto isto é a atitude da prefeitura em aplicar suspensão de 15 dias, já anulada pela justiça, e abrir inquérito para demitir Adineide Barreto Lima.

Além disto, outros professores também estão sofrendo perseguição, sendo removidos e tendo redução de carga horária e suspensão das atividades docentes.

O Ato servirá também como protesto e denúncia às várias irregularidades do Sistema de Educação da rede municipal na localidade. Entre as denúncias dos educadores está o descaso da prefeita em não receber a Comissão dos Professores para negociar a mudança de regime celetista para estatutário, dentro da reformulação do Plano de Carreira; a contratação de professores sem a habilitação exigida por lei; a falta de transporte para professores, ao passo que é disponibilizado transporte para alunos da rede particular a outros municípios.