SINTESE comemora 30 anos interagindo com a sociedade sergipana

31

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial de Sergipe – SINTESE iniciou nesta quarta-feira, dia 05, a semana oficial de comemoração aos 30 anos da entidade. Para marcar a festa o sindicato realizou um ato público no Calçadão da João Pessoa. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial de Sergipe – SINTESE iniciou nesta quarta-feira, dia 05, a semana oficial de comemoração aos 30 anos da entidade. Para marcar a festa o sindicato realizou um ato público no Calçadão da João Pessoa. O ato foi para agradecer a sociedade sergipana pelo apoio dado às lutas encampadas pelo sindicato desde o seu início em 1977 quando a entidade foi fundada como APMESE.

“A sociedade sergipana teve um papel muito importante em nossos atos, marchas, paralisações, ocupações e greves com declarações de apoio e incentivo para que pudéssemos continuar lutando”, diz um panfleto distribuído a todos que passaram no calçadão.

Plebiscito

Aproveitando a oportunidade o SINTESE também deu sua contribuição ao Plebiscito Popular que teve início dia 01 e termina dia 09 deste mês. O SINTESE entende que a Vale do Rio Doce deve ser desprivatizada, pois com a venda da empresa o Brasil perdeu uma das maiores produtoras de riquezas do país. Além de outras questões como custo da energia elétrica e transposição do rio São Francisco. “Estamos aqui para dar nossa contribuição na tentativa de retroceder esse processo nocivo para o país”, disse Neilton Diniz, diretor do Departamento de Educação do SINTESE.

Festa 30 anos

A programação do aniversário da entidade continua no sábado, dia 08, a partir das seis da manhã com Alvorada Festiva, no Iate Clube de Aracaju, seguida de café da manhã. A noite a partir das 18h acontece a parte social da festa com sorteio de brindes, apresentações culturais, coral do SINTESE e show com Ivan Reis e Maria Scombona.

Histórico

Em meados da década de 60 surge a Associação dos Professores, que teve sua documentação destruída durante a Revolução de 1964. No dia 08 de setembro de 1977 é fundada a APMESE, uma entidade que mais tarde daria origem ao SINTESE.

Durante as eleições de 1979 surge a chapa RENOVAÇÂO, um grupo de oposição à diretoria da AMESE, liderado pelo saudoso Diomedes Santos Silva.

O grupo de oposição a diretoria da APMESE conduz em 1984 a primeira greve dos educadores da rede estadual.

Em 17 de setembro de 1988, durante o segundo Congresso da categoria, a APMESE transformou-se no Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial de Sergipe, o SINTESE.

Em 1992, após disputa eleitoral, assumiu a direção do sindicato os mesmos educadores que historicamente estiveram na oposição às diversas direções do SINTESE. O eixo de lutas do grupo baseia-se na proposição de políticas públicas na área de Educação.

Uma das maiores vitórias do sindicato foi em 1994 conseguir, após muito resistência, a aprovação da lei 161/94 que trata do Estatuto do Magistério.