Nota de repúdio a ação da Polícia Militar no Colégio Dom Luciano

39

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe lamenta e repudia profundamente a ação de membros da Polícia Militar na manifestação dos estudantes da Escola Estadual Dom Luciano Cabral Duarte no último dia 29 de outubro. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe lamenta e repudia profundamente a ação de membros da Polícia Militar na manifestação dos estudantes da Escola Estadual Dom Luciano Cabral Duarte no último dia 29 de outubro.

O Sindicato avalia que os policiais que participaram da operação deram mau exemplo de como se age com o movimento estudantil. Tentaram inibir o ato dos estudantes de forma truculenta, numa ação vista somente quando o Brasil estava sob a égide da Ditadura Militar.

O movimento estudantil deve ser tratado com respeito e dignidade e numa situação como esta, os policias deveriam tentar o debate com os estudantes e não agir com violência, pois além da condição de alunos, muitos dos que estavam no ato público eram menores e deveriam ser tratados de acordo com Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Nada justifica a ação dos policiais em frente ao Dom Luciano e exigimos que o governo Marcelo Déda aja de forma dura contra aqueles que atentaram contra o direito constitucional dos estudantes de se manifestarem publicamente. É inadmissível que um governo democrático, popular e que angaria o apoio dos movimentos sociais e dos estudantes tenha uma Polícia Militar que reprime de forma violenta um ato legítimo, pois a manifestação pública é livre neste país.