Professores de Itaporanga analisam proposta de plano de carreira

55

Durante quase todo o dia da terça-feira, os professores ocuparam o prédio da prefeitura com o objetivo de pressionar a prefeitura Maria das Graças Souza Garcez a enviar os projetos de lei que criam o Plano de Carreira e Remurenção e o Estatuto do Magistério para a Câmara de Vereadores. Durante quase todo o dia da terça-feira, os professores ocuparam o prédio da prefeitura com o objetivo de pressionar a prefeitura Maria das Graças Souza Garcez a enviar os projetos de lei que criam o Plano de Carreira e Remurenção e o Estatuto do Magistério para a Câmara de Vereadores. Por volta das 18h quando os professores se preparavam para jantar dentro da prefeitura a administração municipal protocolou os projetos.

Mas para surpresa dos educadores os projetos que foram enviados ao legislativo são diferentes dos discutidos e negociados entre professores e prefeitura. Já foi constatado também que, no plano, não há tabela salarial que obrigatoriamente deve ser anexada ao projeto. Por isso eles vão analisá-los e realizam assembléia na quinta para definir a posição da categoria.

Sem Plano de Carreira e Estatuto os professores de Itaporanga não têm acesso a direitos históricos da categoria como: triênio, titulação, progressão horizontal e vertical automática, redução de jornada por tempo de serviço, entre outros.