Caminhada em defesa do piso marca terceiro dia de congresso

44

Uma caminhada pelas ruas de Aracaju marcou os trabalhos do terceiro dia do XII Congresso dos Trabalhadores em Educação, promovido pelo SINTESE.

O objetivo do ato público foi mostrar a indignação dos professores com os gestores públicos pela demora em implantar o Piso Salarial Profissional Nacional, que segundo a lei 11.738, assinada em julho, está em vigor desde janeiro deste ano. “Milhares de professores de todos os municípios protestam contra a demora do governador e dos prefeitos municipais em implantar o piso salarial”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida.

Os professores da rede estadual tinham outro motivo para se indignar. O projeto da regulamentação da Gestão Democrática na rede estadual está “adormecido” na Secretaria de Governo há mais de dois meses.