O papel do SINTESE na resistência dos trabalhadores em Educação

53

Os professores da Universidade Federal de Sergipe, Ruy Belém e Cristina Martins fizeram uma análise sobre o papel do SINTESE na resistência dos trabalhadores em Educação. Eles ressaltaram que a luta dos trabalhadores da Educação tem conquistado vitórias porque o sindicato que os representa não tem somente uma visão economicista da luta sindical, mas sim uma visão ampla e que o sindicato precisa dialogar com a sociedade e propor mudanças.

A professora Cristina Martins apontou que o sindicato acerta na postura em convocar a universidade para participar das discussões sobre Educação e sociedade. “O sindicato chama a universidade para cumprir o seu papel de formadora”, disse.