Veja o livro “Utopia Peregrina” do professor José dos Santos

57

O cantar do poeta professor – que como outros poucos poetas consegue enxergar onde não enxergam os comuns – não é um livro para ser jogado e esquecido num canto da estante, é mais um dos seus tantos gritos em defesa da igualdade, da justiça, da solidariedade e da construção da libertação, não pode ser emudecido. É também um convite a tomarmos consciência que o plantio do novo tempo já começou. E nos manda sinais… e implora a nos engajarmos na sua concretização. Conheçamos, apreendamos e construamos, pois, essa bela utopia que nos é escancarada aqui!