Lançada Frente Parlamentar Sergipana em Defesa do Piso Salarial

49

Uma solenidade na Assembléia Legislativa marcou nesta sexta, dia 28, o lançamento da Frente Parlamentar Sergipana em Defesa do Piso Salarial. A iniciativa é do mandato do deputado federal Iran Barbosa e reuniu deputados federais, estaduais, vereadores e professores.

 

Uma solenidade na Assembléia Legislativa marcou nesta sexta, dia 28, o  lançamento da Frente Parlamentar Sergipana em Defesa do Piso Salarial. A iniciativa é do mandato do deputado federal Iran Barbosa e reuniu deputados federais, estaduais, vereadores e professores. O objetivo da Frente Parlamentar é dar apoio a Frente Nacional e também viabilizar a implantação da lei 11.738, que institui o piso, no Estado e nos municípios.

O surgimento das frentes parlamentares se deu após o ingresso por parte de cinco governadores de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADIN contra a lei do piso no Supremo Tribunal Federal – STF.

A mesa de abertura contou com a presença dos deputados federais José Carlos Machado e Jackson Barreto, dos deputados estaduais Wanderlê Correia, presidente da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa, da vereadora Rosângela Santana, presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal de Aracaju, do presidente da OAB-SE, Henri Clay Andrade e dos presidentes do Sindipema – Sindicato dos Professores de Aracaju, Maria Elba da Silva Rosa e do SINTESE, Joel Almeida.

O presidente da OAB-SE, Henri Clay Andrade, ao discursar colocou a instituição a disposição dos parlamentares e dos professores. “Se os gestores não implantarem nos seus orçamentos previsão para o piso eles estão indo contra uma lei federal. Vamos acionar o MP para ajuizar ações de improbidade administrativa contra estes gestores”, disse Henri Clay.

Professores de quase todos os municípios sergipanos acompanharam o lançamento da frente. “Ficamos sobressaltados com a ADIN, pois vimos governadores questionando a legalidade de uma vitória conquistada com muita luta e que foi respaldada pelo Congresso Nacional e pelo presidente Lula. O somatório de forças é importante no sentido de fazer valer uma conquista histórica da categoria que é o piso salarial”, disse Joel Almeida.