Professores de Frei Paulo lutam por educação de qualidade

51

O ano letivo está terminando e os professores vêm a público mostrar a situação da Educação em nosso município em 2008.

As escolas precisam de reformas, faltam carteiras, a merenda não é de boa qualidade e insuficiente para atender a todos os alunos.

Ônibus velhos e sem manutenção colocam em risco a vida dos alunos, principalmente do povoado Alagadiço.

Isso sem contar com a falta de consideração com os professores. Desde o início desta administração que os educadores negociam o Estatuto do Magistério e até agora nada foi resolvido. E por falta de compromisso do prefeito. A gestão atual está terminando e os professores de Frei Paulo não têm uma das leis que regulamenta seus direitos e deveres.

Por dois anos os professores sofreram prejuízos por causa do erro da prefeitura no Plano de Carreira, pois a tabela salarial foi feita errada e apesar dos apelos da categoria para que o que é de direito seja devolvido aos professores, a prefeitura não dá resposta concreta.

A falta de transparência com os recursos da Educação é outro grave problema em nosso município. A população tem o direito de saber como a prefeitura gasta o dinheiro da Educação que é pago pelo povo.

Não é assim que os professores querem a Educação para os filhos e filhas do povo de Frei Paulo.

Os educadores apelam para que todos se unam na luta por valorização dos alunos. É preciso que todos juntos cobrem da próxima administração uma escola pública de qualidade social para os filhos e filhas do povo de Frei Paulo.