Crise já afeta educação, mas estudantes não pagarão pela crise, afirma UNE

49

{enclose u2_310309crisejaafeta1.mp3}

Os impactos da crise econômica mundial já podem ser sentidos na educação brasileira. Esta foi a afirmação do vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Tales de Castro, durante o ato que protestou contra as medidas adotadas pelo governo para enfrentar a crise no Brasil. O ato aconteceu nesta segunda-feira (30), na cidade de São Paulo.

fonte: http://www.radioagencianp.com.br/