Professores de SE aderem a paralisação nacional dia 24

68

Os professores da rede estadual decidiram em assembléia realizada na tarde da última terça-feira, 14, aderirem a paralisação nacional em defesa da implantação imediata do Piso Salarial nos estados e municípios.

A iniciativa da paralisação faz parte da programação da 10ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública, promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, da qual o SINTESE é filiado, que acontece de 20 a 24 de abril em todo o país.

Antes da programação da 10ª Semana Nacional, acontece dia 18, sábado, a partir das 9h, no Sindicato dos Médicos, o II Encontro dos Professores Militantes da Rede Estadual. Na pauta encaminhamentos de luta pela implementação do piso e também formulação de cálculos de como o piso incide na atual carreira do magistério estadual. “Será um momento onde os professores vão debater a realidade mundial, nacional e estadual tendo como viés a implantação do piso salarial”, disse o presidente do SINTESE, Joel Almeida. 

Programação

Além da paralisação os professores da rede estadual também aprovaram um calendário  de atividades para a semana aqui em Sergipe. A programação em Sergipe começa dia 22, às 9h, com vigília na Assembléia Legislativa. 

Dia 23, seguindo a orientação da CNTE, serão realizadas plenárias nas escolas onde serão discutidos temas que fazem parte da Conferência Nacional de Educação, que acontecerá em 2010. 

No dia da paralisação nacional, 24, o SINTESE realiza um ato público no Calçadão da João Pessoa, em frente a Caixa Econômica Federal, onde acontecerá a queima dos contracheques dos “Órfãos do Piso”. 

Debate na ALESE

Na terça-feira, dia 28, o presidente do SINTESE, estará novamente na Assembléia Legislativa, dessa vez para fazer um debate, com os deputados estaduais sobre o Piso Salarial Nacional. No dia 30, está marcada para às 9h, assembléia geral no Instituto Histórico. Mas, a data pode ser mudada se a audiência no Tribunal de Justiça acontecer antes.

Os professores do magistério estadual aguardam com expectativa a segunda audiência no Tribunal de Justiça, onde o governo apresentará uma proposta. Pois ficou definido, na primeira audiência dia 26 de março, que o governo teria 30 dias para apresentar a formulação do governo estadual para a implantação do Piso Salarial Nacional na forma da lei 11.737/2008.

Confira a programação

18/4 (Sábado)

9h – II Encontro dos Professores Militantes da Rede Estadual

Local: Sindicato dos Médicos – Rua Celso Oliva, ao lado do Yázigi, próximo a Biblioteca Pública Epifânio Dória.

22/4 (Quarta-feira)

9h –  Vigília na Assembléia Legislativa

23/4 (Quinta-feira)

 Plenárias nas Escolas Estaduais

24/4 (Sexta-feira)

Paralisação Nacional

9h – Ato Público em frente a Caixa Econômica Federal – Calçadão da João Pessoa.

28/4 – (Terça-feira)

9h – Debate sobre o Piso Salarial Nacional

Local: Assembléia Legislativa

30/4 – (Quinta-feira)

9h – Assembléia Geral

Local: Instituto Histórico e Geográfico.