Professores da região Agreste realizam queima de contracheques

58

Nesta quarta, 06, a partir das 9h, os professores da região Agreste se reúnem na Praça João Pessoa, em Itabaiana em ato público, {joomplu:1735} os professores vão queimar os contracheques para mostrar a sociedade que o Governo do Estado e a maioria dos prefeitos sergipanos vêm descumprindo da lei do piso. Na quinta, 07, será a vez dos professores do Sertão se concentram em Nossa Senhora da Glória para a queima dos contracheques.

Dia 11, haverá um ato em Aracaju, no Calçadão da João Pessoa, o sindicato pretende mostrar um “acerto de contas”. Dia 10, o {joomplu:1738}Governo do Estado apresenta os dados de receita e despesa do primeiro quadrimestre. “Os professores vão mostrar os dados mais atuais da receita do governo e fazer os cálculos para aplicação do piso”, disse Joel Almeida, presidente do SINTESE.

Prorrogação

A questão do piso na rede estadual ainda não foi resolvida, apesar de finalizado dia 26 de abril, os 30 dias dados pelo Tribunal de Justiça para que o governo do Estado apresente uma proposta de implantação do piso. O secretário de Educação solicitou ao SINTESE que o prazo se estendesse até o dia 18.

O pedido do secretário foi argumentado pelo fato de que somente dia 10 o Estado terá conhecimento dos dados do de receita e despesa do quadrimestre (janeiro a abril) para que a partir daí as formulações já feitas pela secretaria sejam formatadas com os dados mais atuais.