SINTESE realiza curso de organização por local de trabalho

79

Nos dias 23 e 24 aproximadamente sessenta professores da rede {joomplu:1803}estadual da capital e do interior participaram do curso de formação promovido pelo SINTESE. Com o tema “Organização por local de trabalho”, o curso foi ministrado por Ernesto Germano Parés, assessor sindical, radialista, produtor de rádio e televisão e pesquisador econômico e sindical, há mais de 30 anos.

Para ele a iniciativa do SINTESE em fazer cursos de formação de militantes é muito louvável e também estratégica, pois é um sindicato que se preocupa em fomentar o surgimento de novas lideranças.

O curso se dividiu em duas partes, na primeira os professores {joomplu:1809}puderam debater sobre o processo de construção de uma análise de conjuntura. Para Germano, quem é militante sindical é importantíssimo saber distinguir todos os pontos que devem ser colocados em uma análise, a questão econômica, política e, é claro, a social.

Crise

O palestrante também falou que a crise não é só de ordem financeira e listou as crises que o mundo atual tem passado. A crise energética, países como o Brasil não sentem tanto esse tipo de problema, pois tem uma grande capacidade de produção de energia, que ainda não foi aproveitada.

A crise dos alimentos, apesar dos recordes de produção há uma falta crônica de comida em algumas áreas do mundo, uma das causas é o monopólio dos alimentos.

A crise ambiental, para Germano deveria estar na pauta do movimento sindical. “A discussão ambiental deveria estar na pauta do dia de agentes mobilizadores, como os sindicalistas, mas esse assunto tem passado ao largo da discussão dos sindicatos e centrais sindicais”, disse.

E a “crise do momento” que é a financeira. Ernesto alertou também que essa crise ainda não acabou e que ainda há vários outros aspectos que podem fazê-la ainda pior, como a questão dos cartões de crédito. Hoje há uma avalanche de cartões de crédito que incentiva o consumo e faz com que as pessoas ficam muito endividadas.

Organização por local de trabalho

No segundo momento do curso foi tratada a organização sindical nos moldes da Organização Internacional do Trabalho – OIT. Desde o início do século XX, até a questão da Emenda 3 que institucionaliza a “empresa de uma só pessoa”, a reforma sindical e a Convenção 135 da OIT.

Conae

A exemplo do que aconteceu no curso voltado para os professores das redes municipais, o SINTESE apresentou aos educadores do magistério estadual a questão da Conferência Nacional de Educação que será realizada em abril do próximo ano em Brasília. Serão realizadas nove conferências intermunicipais e a estadual. Os delegados que representarão os professores serão eleitos em assembléias convocada pelo SINTESE para este fim.

Multimídia
Baixe aqui os arquivos desses e outros cursos de formação do SINTESE