SINTESE diz para SEED que foi contra corte da gratificação por atividade pedagógica I

60

Durante a audiência ocorrida na última segunda-feira (22), o presidente do SINTESE, Joel Almeida, colocou para o secretário que em nenhum momento o sindicato propôs o fim da gratificação por Atividade Pedagógica I.

O que foi citado em uma das reuniões de negociação é que a Gratificação por Atividade Pedagógica I teria uma redução proporcional como aconteceu com as gratificações de Regência de Classe a Atividade Pedagógica II. “O corte foi feito de forma unilateral pelo governo. Durante todas as reuniões de negociação, incluindo as que contaram com a participação dos secretários da Fazenda e da Administração, esse assunto não foi colocado pelo governo”, disse Joel.

Para o sindicato o fim da gratificação prejudica àqueles professores que desenvolvem trabalho pedagógico dentro dos órgãos da secretaria. “Não defendemos que todos os professores que trabalham fora das escolas tenham direito a gratificação, mas sim àqueles que realmente trabalham formulando ou executando propostas pedagógicas”, disse o vice-presidente do SINTESE, Carlos Sérgio Lobão.

O SINTESE defende também que a gratificação por Atividade Pedagógica I também seja concedida aos diretores das unidades de ensino da rede estadual. Em todas as assembléias realizadas com professores da rede estadual o sindicato sempre defendeu foi o fim da GEARC – Gratificação de Estímulo a Atividade Relacionada a Convênio ou que fossem definidos critérios de concessão.

O secretário de Educação, José Fernandes Lima, ficou de buscar uma alternativa para estes professores.

Encontro

O SINTESE está convocando os professores que trabalham nos órgãos da Secretária de Educação para um encontro terça-feira, dia 30, a partir da 16h no auditório da FAPESE, na rua Lagarto, esquina com rua Maruim. O encontro tem por objetivo discussão e encaminhamento de atividades de luta para o retorno imediato da Gratificação de Atividade Pedagógica I para os educadores que estão em atividades de Suporte Pedagógico nas escolas e os diretores das unidades de ensino.