Professores aposentados participam de plenária

58

O auditório da OAB/SE ficou lotado de professores aposentados que participaram da plenária realizada pelo SINTESE. O sindicato realizou o encontro para tirar as dúvidas dos professores com relação a implantação dos 2/3 do Piso Salarial Profissional Nacional; para informar sobre o processo do IPES e apresentar a pesquisa da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE sobre o perfil dos professores aposentados.

O presidente do SINTESE, Joel Almeida, apresentou um histórico de como ocorreu a negociação e mostrou os ganhos reais que os professores tiveram. Ressaltou mais uma vez que a extinção da Gratificação por Atividade Pedagógica I não foi discutida com o sindicato e que a entidade está lutando para que ela retorne. “O secretário de Educação disse que no começo de agosto enviaria o Projeto de Lei para Assembleia Legislativa para que a gratificação retorne, caso isso não seja feito, não nos resta alternativa a não ser entrar com uma ação judicial”, disse Joel.

Com relação ao processo do IPES o coordenador do setor jurídico do SINTESE, Franklin Magalhães deu boas notícias aos participantes, a ação judicial do “redutor” já foi julgada pelo Tribunal de Justiça e o TJ deu ganho de causa ao SINTESE. O Estado tem 30 dias para recorrer, caso não recorra o processo retorna ao tribunal de 1ª instância para que sejam feitos os cálculos de quanto cada professor irá receber.

Já na ação judicial do IPES, o advogado informou que o IPES já começou a depositar os valores na conta judicial, agora é esperar a instituição fazer todos os depósitos e posteriormente conferir os valores a serem repassados aos professores. “O SINTESE no momento oportuno fará a convocação dos professores”, disse Franklin.

Pesquisa

A CNTE realiza em parceria com o DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos a pesquisa “Como vivem os trabalhadores aposentados da educação”, com intuito de reunir dados sobre o modo de vida dos educadores que não estão em sala de aula.

Na última pesquisa (realizada em 2007) foram entrevistados 6.577 aposentados da educação pública, por meio dos sindicatos filiados à CNTE, em todo o Brasil, do total 407 foram em Sergipe.

Curso formação

Para efetivar uma maior participação dos professores aposentados na pesquisa, o departamento de Aposentados do SINTESE, realizará nos dias 28, 29 e 30 agosto um curso de formação específico para os aposentados.

A programação do curso conta com a análise da pesquisa “Como vivem os trabalhadores aposentados da educação”; o papel e a importância dos educadores aposentados na luta pela valorização dos profissionais do magistério e com participação de dois psicólogos serão feitas dinâmicas de grupo, convivência e diálogo social. “Faz parte da política do sindicato valorizar os professores aposentados e contar com a sua contribuição para a luta em defesa de uma Educação Pública de qualidade social”, disse a professora Sônia Maria Santos, uma das diretoras do departamento de Aposentados do SINTESE.