Comunidade escolar do Djenal Queiroz faz ato público

63

 

Professores, alunos, funcionários e pais de alunos participam na manhã desta segunda de uma caminhada de protesto. Eles cobram do governo do Estado a conclusão da obra de reforma do Colégio Estadual Djenal Queiroz, localizado na rua Zaqueu Brandão, que se arrasta há anos.

Em maio a comunidade escolar já tinha realizado um protesto pelo atraso da obra. Na ocasião a assessoria da Secretaria de Estado da Educação garantiu que as obras seriam finalizadas em 26 de julho.

O prédio onde funciona atualmente a escola não oferece condições seguras para alunos, professores e funcionários. A área destinada a recreação já foi interditada por colocar em risco a vida dos estudantes.