Sociedade civil realiza Audiência Pública sobre Conferência de Comunicação dia 14

54

Nesta sexta (dia14), a partir das 9h, a Comissão Sergipana Pró Conferência de Comunicação realiza, no plenário da Assembléia Legislativa, Audiência Pública sobre a I Conferência Nacional e Estadual de Comunicação. O debate será realizado com a participação do Professor César Bolaño, coordenador do Observatório de Economia e Comunicação da Universidade Federal de Sergipe (Obscom/UFS) e presidente da Associação Latinoamericana de Investigadores da Comunicação (Alaic) e também com Carolina Ribeiro do Coletivo Intervozes de Comunicação.


O objetivo da audiência é fazer com que a sociedade e os poderes públicos tenham maior conhecimento sobre a I Conferência Nacional de Comunicação que acontece nos dias 1, 2 e 3 de dezembro e de todos os seus processos, inclusive da Conferência Estadual que deve ser realizada até o mês de outubro. A Comissão Sergipana Pró Conferência de Comunicação é uma organização que agrega mais de 20 entidades entre sindicatos, movimentos e associações.



O início

Em junho de 2007, diversas entidades nacionais se organizaram numa articulação que culminou com a formação da Comissão Nacional Pró Conferência de Comunicação, que através de diversas ações colocou na pauta da sociedade e do governo a necessidade da realização de um espaço para a discussão do nosso sistema de comunicação. Por conta dessa articulação nacional, no dia 17 de abril de 2009, o governo federal publicou a convocatória para a 1º Conferência Nacional de Comunicação.



‘Será a primeira vez que discutiremos sobre o Sistema de Comunicação Brasileiro, sobre as suas regulamentações, o papel dos meios de comunicação, as políticas dessa área. A Conferência será a hora de ratificarmos a Comunicação como um direito humano fundamental para o exercício da cidadania”, diz Ana Carolina Westrup, membro do Coletivo Intervozes de Comunicação.


Em Sergipe, a Comissão Pró Conferência, foi constituída em março de 2009, tendo já realizado 3 grandes atividades de formação com os movimentos , além de se reunir semanalmente no Conselho Regional de Psicologia, as quintas-feiras, às 17h para a deliberação e avaliação de novas ações.


Atualmente, a discussão nacional está girando em torno da finalização do Regimento Interno. Alguns estados já convocaram a etapa estadual, entre eles; Paraná, Piauí, Alagoas e Pará. Outros já formaram uma Comissão Organizadora Oficial que avança nos trabalhos para a organização da Conferência.


Para o jornalista George Washington, em Sergipe, é necessário que o governo mantenha um diálogo permanente com a Comissão Sergipana Pró Conferência. ”Isso será necessário para que possamos traçar as diretrizes que apontem para a realização da nossa etapa estadual. Sergipe já se mostra atrasado nessa discussão, e por isso estamos puxando a Audiência, para sensibilizar tanto a sociedade quanto o poder público para a realização da nossa Conferência Estadual de Comunicação.”