Professores de Simão Dias retornam as aulas nesta terça-feira

61

Os educadores da rede municipal de Simão Dias retornam as atividades nesta terça-feira. A decisão veio após o pedido de ilegalidade da greve solicitado pela prefeitura ter sido acatado pela justiça. “Nós vamos retornar as atividades, mas não vamos abandonar a luta pela implantação do piso em nosso município”, disse Lúcia Morais, delegada sindical do SINTESE. A greve em Simão Dias foi iniciada dia 29 de julho.

A prova da mobilização dos professores se deu nesta segunda-feira, quando os educadores realizam uma marcha pelas ruas do município. Os educadores estão abertos aos diálogo e esperam que a administração municipal apresente uma proposta para cumprimento da lei 11.738/08.

Em Salgado a greve continua

Já na cidade de Salgado, a greve que também começou dia 29 de julho continua. Nesta quarta, dia 19, haverá uma audiência entre representantes da administração municipal e a comissão de negociação do SINTESE.

Os professores da rede municipal entraram em greve depois que a prefeita Janete Alves retirou da Câmara de Vereadores projeto de lei que implantava o piso salarial. O projeto tinha sido negociado com os professores, mas utilizando-se do argumento de que ele continha erros retirou o projeto de tramitação do legislativo e não deu resposta aos professores.